O seu Portal de Informações em Mato Grosso

Domingo, 03 de julho de 2022
MENU

Cidades

Operador de apostas esportivas é morto a tiros por não pagar ‘taxas’ a facção criminosa em Dom Aquino

Minutos antes do homicídio, vítima contou a um amigo que estava sendo ameaçado por criminosos que exigiam pagamento de 'impostos'

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Um operador de apostas esportivas, de 40 anos, foi morto a tiros por não pagar ‘taxas’ a uma facção criminosa da região onde ele trabalhava, em Dom Aquino, a 172 km de Cuiabá, na noite desse domingo (8).

A vítima, que não teve a identidade divulgada, foi encontrada baleada na frente da casa dela, localizada na Avenida Cuiabá, no Centro da cidade. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local e constatou que o homem já estava em óbito.

Uma testemunha relatou à polícia que, minutos antes, o trabalhador comentou que estava sofrendo ameaças por parte de uma facção criminosa por estar administrando apostas na cidade sem pagar ‘taxas’ para eles.

Jefin como era conhecido, era Professor de Educação Física e era árbitro de futsal no estado.

De acordo com a Polícia Militar, a testemunha que estava com a vítima contou que dois homens chegaram no local em uma moto logo depois da conversa. Um deles desceu e perguntou ao operador se ele mexia com jogos de apostas.

Após ele confirmar a informação, o suspeito efetuou cerca de 14 disparos e fugiu do local com o comparsa.

A PM informou que realizou rondas pela região, mas não conseguiu localizar os suspeitos.

A Polícia Civil e a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foram acionadas e isolaram o local do crime para investigação. O celular da vítima também foi recolhido.

www.jlnoticias.com.br

Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Olá, tudo bem? Entre em contato conosco através do nosso WhatsApp.