JL Notícias: O seu portal de informações em Mato Grosso

Terça-feira, 16 de Julho de 2024
Virtual Connect
Virtual Connect

Policial

Polícia Civil entrega a instituições filantrópicas cestas básicas que seriam entregues por facção

As mais de 300 cestas doadas tinham sido apreendidas no dia 27 de junho

Jeferson Viana
Por Jeferson Viana
Polícia Civil entrega a instituições filantrópicas cestas básicas que seriam entregues por facção
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

A Delegacia da Polícia Civil de Diamantino entregou, nesta quinta-feira (04.07), 333 cestas básicas a instituições filantrópicas e ao centro de assistência social do município. Essas cestas seriam usadas por uma facção criminosa para assistencialismo.

A apreensão ocorreu em 27 de junho, durante uma ação da Polícia Militar, que interceptou um caminhão transportando as cestas básicas. Na Delegacia de Diamantino, o motorista forneceu os nomes dos compradores e o endereço da empresa fornecedora.

No entanto, após diligências, a Polícia Civil confirmou que o endereço fornecido não existia e que os compradores tinham passagens criminais por tráfico de entorpecentes. Além disso, parte das cestas não possuía nota fiscal.



Com esses indícios, o delegado Marcos Bruzzi solicitou ao Poder Judiciário a doação das cestas, o que foi autorizado pela Comarca de Diamantino.

As 333 cestas foram destinadas ao Lar de Idosos São Roque, à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) e ao Centro de Referência em Assistência Social de Diamantino.

A investigação sobre o crime de associação para o tráfico de drogas continua em andamento.

www.jlnoticias.com.br

Quer saber das nossas informações em primeira mão?
Basta Clicar Aqui e será redirecionado para o nosso Grupo
FONTE/CRÉDITOS: pjcmt
Comentários:
Anuncie aqui
Anuncie aqui
Anuncie aqui
Anuncie aqui

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Olá, tudo bem? Entre em contato conosco através do nosso WhatsApp.