O seu Portal de Informações em Mato Grosso

Segunda, 04 de julho de 2022
MENU

Mato Grosso

Ex-secretário de Saúde de MT, Luiz Soares morre aos 64 anos

Luiz Antônio Vitório Soares também foi deputado estadual, vice-prefeito da capital, e secretário de Saúde da capital e de Várzea Grande.

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O ex-secretário de Saúde de Mato Grosso, Luiz Antônio Vitório Soares, de 64 anos, morreu de causas naturais, na madrugada desta quinta-feira (16), na casa onde morava com a família, em Cuiabá. Ele também foi deputado estadual e vice-prefeito da capital.

Atendendo a um pedido de Luiz ainda em vida, a família informou que não haverá velório e o corpo dele será cremado em uma cerimônia reservada.

Em nota, o prefeito Emanuel Pinheiro lamento o falecimento do ex-secretário.

“É com profundo pesar que recebo essa notícia do falecimento dessa grande personalidade que muito contribuiu com o estado e para nossa capital. Meus sinceros sentimentos e que Deus possa dar o conforto e o acalento aos seus familiares nesse momento de profunda dor”, diz.

Luiz Soares era natural de Alto Garças, mas se mudou para Cuiabá quando ainda era jovem.

Cargos ocupados por Luiz Soares na política:

  • Três mandatos como deputado estadual (1983 a 1998);
  • Suplente de senador de 1999 a 2007;
  • Vice-prefeito de Cuiabá no segundo mandato do prefeito Roberto França (2001 a 2004);
  • Secretário de Saúde de Cuiabá;
  • Secretário de Saúde de Várzea Grande;
  • Secretário de Saúde de Mato Grosso na administração de Pedro Taques.

Soares também era advogado de carreira e foi o relator da Constituição Estadual de Mato Grosso promulgada em 1990.

Ele deixa a mulher Viviane Soares, e três filhas: Marina, Thaís e Vitória.

www.jlnoticias.com.br

Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Olá, tudo bem? Entre em contato conosco através do nosso WhatsApp.